Relações semânticas entre Palavras

Relações de equivalência: Sinonímia

 Sinonímia é relação de equivalência de sentido entre duas ou mais palavras que, de modo idêntico, reenviam para o mesmo referente:

 

sinonímia total quando as unidades lexicais são substituíveis umas pelas outras em todos os contextos, porque comportam traços semânticos equivalentes.

sinonímia parcial quando duas ou mais palavras reenviam para o mesmo referente, mas só nalguns contextos. Assim, num contexto específico (conversa ou texto sem grandes exigências de rigor informativo) podemos utilizar como sinónimos (parciais) de cão: quadrúpede, animal, perdigueiro (se for essa a sua raça), etc. Mas esta liberdade não é tolerável num texto científico, onde, para referir o mesmo, só são admissíveis sinónimos totais.

Resolve o exercício

Relações de oposição: Antonímia

 antonyms1

Antonímia é o termo que, genericamente, define a oposição de sentido de duas ou mais palavras.

Apesar da oposição de sentido, pode haver entre unidades lexicais antónimas alguns traços semânticos que as aproximam.

 

Ex.: subida vs descida: sendo conceitos opostos (subida = deslocação para cima; descida = deslocação para baixo), não deixam de ter em comum o traço semântico [+ deslocação].

 

Assim, entre as oposições de sentido das palavras, é possível estabelecer algumas distinções:

 

Antonímia contraditória: é a relação de oposição entre significados totalmente incompatíveis. Estes significados excluem-se mutuamente. É por isso que a antonímia contraditória é também conhecida como antonímia não graduável (uma das palavras apresenta um ou vários traços semânticos relevantemente distintivos, enquanto a outra mostra, contraditoriamente, essa carência).

Ex.: presente / ausente; vivo / morto; homem / mulher; solteiro / casado.

 

Antinomia contrária: também chamada antonímia graduável, refere a oposição de sentido de duas ou mais palavras, mas que admitem – en­tre os seus significados opostos – outros conceitos intermédios.

Ex.: quente vs frio [antónimos]; morno, fresco [conceitos intermédios]; dia vs noite [antónimos]; madrugada, lusco-fusco [conceitos intermédios].

Os pares de antónimos como: alto / baixo; bonito / feio; longo / curto, admitem conceitos intermédios.

Antinomia conversa: é um conceito que tem que ver com a reciprocidade estabelecida entre algu­mas palavras de sentido oposto (antónimos conversos).

 Ex.: Comprar / vender; pai / filho; médico / paciente

Retirado de Gramática do Português Moderno, Plátano Editora

Resolve o exercício

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: